);
Widget Image

Atendimento especializado e descomplicado em Medicina do Sono e Neurologia. Dormir bem é algo essencial para ter qualidade de vida.

Agende uma consulta clicando aqui!

Últimas postagens

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 08:00 - 17:00
ESTAMOS EM: MANAUS
CONTATO: (92) 99901-5080 / (92) 99192-3240 / (92) 3659-3240
SIGA-NOS:

Adapatação de CPAP em pacientes com Apneia do sono.

Adapatação de CPAP em pacientes com Apneia do sono.

adaptação ao tratamento com CPAP é uma etapa muito importante da jornada de quem vai começar a usar o equipamento. Então, para ajudar você a lidar com as dúvidas que podem surgir nesse período, confira as dicas que selecionamos para você no post de hoje.

A adaptação ao Cpap pode ser complicada no início, mas é essencial para tratar corretamente a apneia do sono.

Os diferentes tipos de apneia causam interrupções na respiração durante o sono.

Com noites mal dormidas o sistema imune é abalado e a regeneração dos músculos e a reparação dos tecidos do corpo afetada.

É mais difícil a recuperação do corpo no caso de doenças ou machucados.

Os aparelhos Cpap e Bipap entram nesse processo para eliminar os sintomas e problemas decorrentes da apneia.

O Cpap fornece pressão de ar através de uma máscara para desobstruir as vias aéreas e assim, facilitar a respiração.

Proporcionando melhoras na saúde e assegurando maior qualidade de vida para o paciente.

A adaptação ao Cpap é fácil?

No início alguns problemas podem surgir, principalmente pelo fato da pessoa não estar acostumada a dormir acompanhada de um aparelho.

O primeiro passo para facilitar a adaptação é fazer a escolha do CPAP que melhor se encaixe no seu tratamento.

Peça dicas ao seu médico e tenha em mente se há uma pressão fixa pré determinada.

Se a pressão já está determinada é possível optar por um aparelho de pressão fixa, que será regulado previamente pela equipe de saúde.

Na falta dessa determinação deve-se eleger um CPAP de pressão automática, que fará a monitoração da respiração durante o sono.

Com os dados do monitoramento, o CPAP automático fornecerá a pressão necessária para cada evento de apneia.

Escolhido o aparelho é necessário priorizar a máscara para CPAP, pois o acessório é o principal na adesão à terapia.

COMECE COM POUCAS HORAS DE USO

Usar o CPAP durante toda a noite nas primeiras semanas pode não ser uma tarefa tão fácil para quem está começando o tratamento, pois é natural precisar de tempo para se adaptar a dormir usando uma máscara e um dispositivo.

Por isso, se você tiver muita dificuldade de usar o CPAP a noite toda, comece com 4 horas por noite, pois menos que isso não terá tanto efeito, os sintomas da apneia permanecerão e o médico não conseguirá avaliar o progresso do tratamento e a redução dos quadros do distúrbio.

APOSTE EM AJUSTES DE CONFORTO

Os modelos de CPAP possuem muitas configurações e, em algumas versões, as tecnologias de conforto são avançadas, permitindo o ajuste de acordo com a necessidade de cada usuário.

Primeiramente, ajuste o tempo de rampa, que faz com que seu CPAP inicie com uma pressão mais suave e aumente de acordo com o tempo que você leva para pegar no sono. O tempo dependerá de como foi a sua jornada, se estiver muito cansado, coloque um período menor, e assim por diante.

Alguns aparelhos são equipados com alívio expiratório; neste caso, ajuste o nível de acordo com a pressão de tratamento ou com o conforto que você precisar. O alívio na expiração faz com que a sua respiração fique mais natural, mesmo usando CPAP, e assim você adormecerá sem perceber.

TENHA ATENÇÃO COM A MÁSCARA

Vários fatores provocam ruídos na máscara, entre elas o ajuste, o uso de um tamanho inadequado para o rosto e a saída de ar pela válvula de exalação.

Como é natural ter dificuldade de encontrar o ajuste perfeito nos primeiros dias, a máscara pode deixar escapar ar pelas bordas e causar ruídos incômodos. Mas é importante lembrar que, se mesmo com tantos ajustes e tempo de uso, a máscara parecer que nunca veda de forma correta, é necessário verificar o tamanho, que pode estar inadequado, tornando impossível evitar o vazamento.

válvula de exalação é formada por furinhos que ficam no cotovelo da máscara, próximo à conexão do tubo, ou na parte frontal da sua estrutura. Através dela o ar exalado é dispersado para que o usuário tenha um novo fluxo de ar, o que gera um pequeno ruído da saída do ar. Se isso te incomodar, troque a máscara por um modelo mais silencioso, como a AirFit P10 e AirFit N10.

USE UM TRAVESSEIRO APROPRIADO

Usar um travesseiro próprio para o usuário de CPAP também pode ser uma ótima saída para se adaptar ao tratamento para apneia, já que deitar de lado com a máscara em um travesseiro comum pode deslocá-la ou pressioná-la contra o rosto causando fuga de ar e desconforto.

ESCOLHA A MÁSCARA CERTA

máscara é o acessório principal de adesão ao tratamento da apneia do sono. Como ela possui contato direto com o rosto do usuário, é necessário que ela proporcione conforto, aderência e vedação para auxiliar na adaptação e também no sucesso do tratamento com CPAP. Por isso, escolha uma máscara com o encaixe perfeito para você e a ajuste adequadamente na hora colocar.

FAÇA MANUTENÇÃO, HIGIENIZAÇÃO E TROCA

Fazer a higienizaçãomanutenção e troca dos seus acessórios para CPAP é essencial para a integridade do tratamento. Se sua máscara estiver desgastada, você vai acabar tendo dificuldades para ajustá-la ao seu rosto, o que pode gerar desconforto e problemas respiratórios, como coriza, coceira e rinite. Então, não deixe de trocar as partes das máscaras danificadas.

Além disso, acessórios como as traqueias, os tubos e as máscaras precisam de higienização. Para limpá-los você pode usar o Sabonete Antisséptico NOBAC com Triclosan, depois retirar todo o produto com água morna e então deixá-los secar naturalmente sobre uma toalha limpa.

tratamento com CPAP é uma das maneiras mais eficazes de proporcionar melhoras nos sintomas da apneia, como o ronco, por isso, caso necessite desse tipo de tratamento, consulte-nos, pois chegaremos a uma solução viável juntos.

No Comments

Leave a Comment